Para um
futuro melhor,
eu penso em
você agora...
- 05/03/12

O trabalho com Projetos, permite à Escola e Comunidade repensar a sua prática educativa


Por mais um ano, a Escola Interpares se compromete com o Ensino de Qualidade. Iniciamos 2012 com muitas expectativas, novidades e contando os dias para receber nossos alunos para aprender, ensinar, descobrir e viver Entre-Pares e sobretudo acreditando que podemos desenvolver a missão da Escola de oferecer oportunidades iguais de desenvolvimento, aprendizagem significativa, diversificada e de qualidade.


            Nosso trabalho continua pautado na compreensão e união, sobretudo com a família, o que permite à criança compartilhar e relacionar-se ao construir a sua própria autonomia. O nome Interpares é originário do código civil romano que quer dizer “Entre Iguais”. Fundamentam a filosofia da Interpares os principais autores: Jean Piaget, Levy Vygotsky, Paulo Freire, Alicia Fernández, Emilia Ferreiro, Reuven Feuerstein, Cória Sabini, Rubem Alves, Arnold Gesell, Loris Malaguzzi e Henri Wallon.


            Quanto à Filosofia Educacional, a Escola Interpares é considerada “sócio-interacionista”, o que significa dizer que ao escolher a Interpares como a Escola da Primeira Infância de seu filho, os pais também acreditam no sonho de transformar o mundo através da Educação.


            Desde o dia 09/01, a equipe pedagógica esteve reunida para re-alimentar, conhecer, estudar, analisar e refletir a proposta pedagógica da Interpares. Também dedicamos este tempo para estudar as necessidades de cada criança.


            Este ano, o tema do Projeto Educacional será: “Para um futuro melhor, eu penso em você agora...”. Chegamos a esta frase, depois das hipóteses, questionamento, e aprendizagens proporcionadas pelo “A palavra é tudo”. E principalmente, descobrimos em nossa identidade a verdadeira reação dela perante as palavras.


            Como por exemplo,  ao explorarmos a palavra “cuidado”, percebemos que cada pessoa possui o seu jeito de viver esta palavra.


            Aprendemos também que é necessário ter consciência de que as palavras que saem da nossa boca, se refletem em nossas ações. Entendemos também que as palavras perdem o seu significado quando não cumpridas.


            O desafio para esse ano será lidar com as várias palavras que as crianças e suas famílias trazem e resignificá-las, servindo a um bem comum. Lembrando que a Escola é a primeira e talvez a mais significativa vivência em sociedade para as crianças.


            Estimular as Crianças a pensar no outro para que isso se torne um hábito, pode evitar situações que nós já experimentamos como: exclusão, preconceito, maus tratos e tantos outros acontecimentos que tornam o nosso mundo mais triste e nos decepcionam.


            Como a alfabetização não é um conteúdo da Educação Infantil, precisamos deixar o projeto atrativo às crianças e por isso criamos um desenho para que eles possam dar significado e nomear o projeto de 2012.


            Partimos de uma nuvem de pensamento, tão utilizada quando queremos nos referir à reflexão e um coração no meio dela, a idéia é que ao ver a nuvem e falar a frase, as crianças integrem em seus corações que quando se tornarem adultos, saberão que educadores e pais estiveram aliados para construir um futuro melhor para eles. Convidamos aos pais, para antes de iniciar as aulas, assistir ao filme “Na Natureza Selvagem” e compartilhar conosco a experiência de compreender o nosso papel para que as crianças entendam que “a felicidade só é real quando compartilhada”.


            A primeira atividade do projeto envolve um exercício. A proposta é que este boneco tenha de dentro de si o que é mais importante para a sua família para criarmos uma sociedade mais justa. Você pode preenchê-lo com atitudes necessárias para que isso aconteça.